Bilateral

Não importa se você entra ou
deixa entrar.
Eu te quero mesmo assim, com essa
ambiguidade, com os seus dois
lados.
Se você urra ou sussurra
Se escorrega ou fica firme
Se olha pra cima ou pra baixo
Se faz chover ou relampejar
Não tem a mínima diferença.
Eu te quero mesmo assim
Com seus balões ou seu cordão
Com seus cabelos grandes ou pequenos
Pode ser como eu, ou meu oposto, não importa.
Se usa chapéu ou guarda chuva
Se votou antes ou depois
Se senta ou fica em pé.
Eu te quero mesmo assim
Com essa bilateralidade, com
os dois lados da minha rua.
Pode usar minha faixa de pedestres.
Só não fecha esse farol
até eu terminar de passar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s