Máquinas em gramática

Você é
Uma peça intrometida
Em tudo que
(em próclise)
Me atrevi
montar
Que se fez
imprescindível
E nem sei até que
nível
Consegui te rosquear
Se me der ferrugem
pouco importa
(em mesóclise)
Apertar-te-ei

Você é
Uma máquina
a vapor
Um disco
voador
Mas terrestre
(em ênclise)
Dá-me
Têm-me
Vê-me
Vence-me
Faz engrenagem
(em próclise)
se encaixar
Com meu cinza
E seu cobre
pronomeando
Industrializar-te-ás
… De mim
… Pra mim
… A mim

Você é
Um foguete
só de chamas
(em mesóclise)
Combustível
Derramar-te-ei
é
A maquinização
do que (em próclise)
me inventei

Portanto ∴

Acelerar-te-ei
Até (em ênclise)
Satisfazer-me

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s